Baden Baden 15 Anos, celebrados com lúpulo brasileiro

Melhor que celebrar um aniversário é fazê-lo lançando uma cerveja! Conheça a Baden Baden 15 Anos, uma cerveja com lúpulo brasileiro!

A cervejaria Baden Baden nasceu em Campos do Jordão, interior de São Paulo, com a ideia de promover uma cerveja que tivesse a cara da cidade. Com o sucesso da marca, o assédio das grandes cervejarias era inevitável e ela acabou sendo comprada pela Primo Schincariol, hoje da Kirin Brasil. A distribuição melhorou, a imagem cresceu e hoje é possível encontrar seus rótulos em todo o país. Para celebrar tantas conquistas, a cervejaria lançou a Baden Baden 15 Anos, uma receita construída para utilizar uma variedade de lúpulo brasileira, que ainda não tem nome.

Baden Baden 15 anos, uma cerveja comemorativa com um lúpulo inédito!
Baden Baden 15 anos, uma cerveja comemorativa com um lúpulo inédito!

A Baden Baden classifica essa cerveja como Helles Bock (como apresentado no Guia BJCP), ou ainda Heller Bock (como escrito na garrafa), um estilo com características bem interessantes. No aroma, a Helles Bock puxa fortemente para o malte, com notas de grãos e tostado, sem lúpulo e poucas notas de levedura, como um leve frutado. De um dourado intenso a âmbar, a cerveja deve ser coroada por uma espuma branca cremosa, densa e persistente.

No sabor, pede-se equilíbrio entre malte e lúpulo, com notas de grãos, tostadas e apimentadas. De final seco, o retrogosto pode trazer tanto malte quanto lúpulo. De corpo médio e carbonatada, a cerveja não deve ser adstringente, ainda que a utilização de lúpulos em quantidades maiores que outras Bocks pudesse trazer esse efeito. No geral, uma cerveja de alta drinkability, mais lupulada que outras Bocks e mais clara também.

O estilo também pode ser chamado de Maibock, mas há uma discussão sobre a utilização desse nome por remeter a um estilo festivo de cerveja, aquelas que são feitas para o mês de maio, ou seja, para a primavera européia. Valeu destacar ainda de que se trata de um estilo recente, que deve ser livre de adjuntos substitutos do malte e que utiliza um perfil de água mais leve, diferente do que se poderia imaginar.

E para celebrar essa história vamos falar sobre história! Sim, gravamos um programa muito interessante sobre conflitos brasileiros, ou ainda, guerras brasileiras. Era um pedido antigo de alguns dos nossos leitores e que rendeu muito papo! Foi tanto assunto que nos vimos obrigados a dividir o tema em uma série de programas! Nessa primeira parte, falaremos dos conflitos pré-cambrianos até a expulsão dos holandeses do Recife.