Ressaca: a visita certa do dia seguinte

Acabou o carnaval e começou a maior festa do dia seguinte: a ressaca! Mas não tema, o CCSAC te ajuda a passar pelo pior!

O dia seguinte é o maior terror daqueles que passaram da conta durante as festas. Seja carnaval, ano novo, festa junina, ou mesmo um bom churrasco com os amigos, a ressaca aparece. E, normalmente, não é uma boa hóspede.

A pegunta que não quer calar: Por que existe a ressaca?
A pegunta que não quer calar: Por que existe a ressaca?

As causas da ressaca são famosas: redução na concentração de água no corpo, falta de açúcares, deficiência de minerais, dentre outros. As consequências são ainda mais famosas: dor de cabeça, cansaço, enjoo, boca seca e, muitas vezes, algum hematoma de causa desconhecida.

Mas combater a ressaca é relativamente fácil. Você pode optar por combatê-la durante a bebedeira ou depois disso. Caso escolha batalhar durante, alterne copos de água com os de bebida, buscando uma proporção 1:1 (ou seja, 1 copo de água para 1 de bebida), alimente-se durante o evento e evite ficar parado o tempo todo.

Mas quantas pessoas podem dizer que lutam contra a ressaca já na bebedeira? Mesmo entre elas, quantas fazem disso um hábito? Não, é mais fácil encontrar quem o faça depois da festa, no dia seguinte e com a cabeça pesando o triplo do normal.

Vamos enumerar algumas medidas práticas e eficazes:

  • Beba água: dê preferência para água, mas qualquer líquido não alcoólico pode ajudar. Mas não beba pouco. Não, beba litros e litros. A ideia é repor o que foi perdido durante a balada e, como você vai ao banheiro a cada 15 minutos, não pode deixar faltar água no sistema. Alguma opções são muito boas, como água de coco e isotônicos, mas lembre-se que estes últimos são ricos em sódio, portanto não abuse;
  • Coma frutas: evitar gorduras não precisa nem ser citado, seu corpo já te avisa ao menor cheiro de fritura. Mas você precisa comer algo. As frutas executam uma dupla função, repondo minerais (como potássio) e fornecendo frutose, açúcar de origem frutífera que vai ajudar seu fígado a se recompor;
  • Coma legumes: brócolis é um exemplo de vegetal que é rico em cisteína, elemento importante para eliminar toxinas geradas pelo próprio corpo na metabolização do álcool. Outras opções incluem pimentas, cebolas e trigo, além de ovos;
  • Remédio caseiro: antes de tomar um comprimido de engov, uma cápsula de eparema, um pacote de eno e uma aspirina, dê uma chance ao soro caseiro. Um copo de água, uma colher de sopa de açúcar e uma colher de café de sal. Parece besteira, mas ele ajuda a repor os eletrólitos e a glicose. O sabor não é muito bom, mas é melhor do que o de eparema, acredite!

Boa parte dessas ideias vieram desta lista, mas lembre que nenhuma dessas armas vai acabar com a ressaca de imediato, mas vai te proporcinar a chance de chegar ao fim do dia com algum ânimo. E não deixe de se hidratar o tempo todo! Mesmo que você não consiga comer nada e não queira encarar o soro caseiro, a hidratação vai te salvar de algumas boas!

Se livrou da ressaca? Então comente como! Curta e compartilhe as ideias com seus amigos beberrões!