Wäls Saison de Caipira, o puro caldo da cerveja!

Uma sidequest típica de feiras! A Wäls Saison de Caipira buscou no caldo de cana o ingrediente que faltava!

Na Sidequest de hoje a cerveja degustada foi de um estilo pouco comum e em algumas vezes um tanto quanto polêmico: A nova Wäls Saison de Caipira! A cerveja tem origem em uma parceria da cervejaria americana Brooklyn de Nova Iorque com a nossa brasileira Wäls de Belo Horizonte, MG. Nessa aventura, embarquei sozinho (Zi).

Na sidequest de hoje: todo o sabor da Wäls Saison de Caipira!
Na sidequest de hoje: todo o sabor da Wäls Saison de Caipira!

Antes mesmo de colocar a cerveja no copo, apenas de tirar a rolha da garrafa, o aroma marcante já foi inconfundível! Me veio logo à cabeça o puro cheiro de garapa que você sente quando vai à feira.

Ao servir a cerveja no copo, foi possível notar a formação de uma espuma bem branca, espumosa, com excelente formação, porém baixa persistência. O aroma frutado novamente contaminou (no bom sentido) o ar ao redor do copo e parti para o primeiro gole. A coloração da Saison de Caipira é de um amarelo claro e opaco, não chegando a lembrar o amarelo de um caldo de cana propriamente dito, mas talvez de uma boa Weissbier. Não foi possível observar o costumeiro Belgian Lace nessa cerveja.

O sabor da cerveja naturalmente é doce e me trouxe a sensação de mel, tanto em seu gosto, como em seu corpo e cremosidade. O retrogosto porém me trouxe um toque herbáceo, o que contribuiu para um leve amargor e uma deliciosa refrescância ao final do gole.

É também uma cerveja bem fermentada e bastante carbonatada, dando inclusive aquela sensação de “borbulhas” na boca a cada gole. A drinkability do meu ponto de vista acaba sendo prejudicada pela elevada doçura que pode tornar a cerveja um pouco enjoativa nas repetições, como costumo apontar para cervejas que contenham essa característica.

No mais, certamente é uma cerveja criativa (o que eu considero muito positivo), que nos traz a união da esperada tradição Belga do estilo com a cultura brasileira, as vezes pouco explorada por nossas cervejarias. Por isso, pontuo com um 8 (entre 0 a 10) e recomendo a quem gosta de se aventurar em novos sabores cervejeiros, não só essa deliciosa Wälls, como também outras cervejas do estilo.

Ah, claro! Não se esqueça de participar do nosso Concurso Cultural e concorrer a um ingresso para o 2º Encontro Cerveja Artesanal São Paulo! É fácil: basta responder POR QUE CERVEJAS ARTESANAIS SÃO MELHORES QUE CERVEJAS DE GRANDE CIRCULAÇÃO e você já está concorrendo! Participe!