Degustação vertical, um prêmio à paciência

Para aqueles que apreciam experiências, a degustação vertical pode trazer grandes sensações, interessantes e únicas! Mas é necessário paciência de anos para aproveitar momentos como esse.

Antes de mais nada, é importante você saber que não é qualquer estilo, ou mesmo rótulo, que permite que você o guarde por tempo suficiente para fazer a degustação vertical. Estilos consumidos jovens, como Weiss e IPA, dificilmente poderão proporcionar boas experiências degustativas, então busque estilos que envelhecem bem, como Barleywine, Quadruppel, Belgian Strong Ale e outros semelhantes.

Degustação vertical: uma experiência única!
Degustação vertical: uma experiência única!

A prática consiste em degustar a mesma cerveja fabricada em lotes diferentes. Em rótulos fabricados sem parada chega a ser irrelevante a diferença, mas em títulos sazonais a coisa fica muito mais interessante. O pessoal da Full Pint BR fez e postou sobre uma degustação vertical com uma Strong American Ale, a Double Bastard Ale, da Stone. Vale a pena ler os comentários do Fabricio Santos sobre o ocorrido.

Vamos, então, a uma lista de cuidados que você deve ter para tirar o melhor da sua degustação vertical:

  • Guarde as garrafas na posição vertical, em local protegido da luz e com temperatura sem grandes variações;
  • Escolha o mesmo rótulo, mesmo que a receita dele sofra alguma alteração. Essas mudanças enriquecem a experiência;
  • Cervejas com graduação alcoólica mais alta tendem a resistir melhor ao tempo de guarda;
  • O lúpulo costuma ser inimigo do tempo, perdendo muito do amargor e das notas de aroma e paladar, portanto não espere encontrar sabores amargos depois de anos, mesmo que a cerveja originalmente tenha um valor alto de IBU;
  • Se possível, espere acumular 5 ou 6 garrafas. Além de enriquecer a experiência, possibilita a você sentir a força que o malte a o álcool ganham ao longo do tempo.

Cabe aqui alguns adendos. Primeiro, se você for guardar garrafas arrolhadas, é possível seguir a mesma prática aplicada a vinhos, chega a ser saudável aplicá-la, inclusive. Mas cuidado com rolhas sintéticas ou problemas de vedação. Qualquer contaminação externa pode tornar sua cerveja e uma Sour, e isso nem sempre é bom.

Segundo, é possível fazer a degustação vertical com a sua cerveja caseira! Claro, sempre que você fizer a mesma receita, mas o importante é que você pode fazer. A ideia é a mesma, guarde uma garrafa de cada lote que você fizer e deixe separada. As regras são as mesmas, procure receitas mais alcoólicas e maltadas.

Por fim, não se esqueça de convidar os amigos! Afinal, a cerveja é uma bebida social!