Temporada de lúpulo!

Foi lendo um interessante artigo sobre o início da colheita de lúpulo nos EUA que surgiu a ideia de escrever este post. No artigo, o escritor cita as cervejas que utilizam lúpulos frescos e em flor na sua fabricação.

Utilizar lúpulos em flor é uma oportunidade muito interessante. Atualmente, as flores são secas, moídas e compactadas, possibilitanto a fabricação de cerveja lupulada durante todo o ano. Mas, como não seria surpresa, existe uma perda das características gerais do lúpulo quando processado.

A planta normalmente é adicionada durante o processo de fervura da cerveja, entrando em tempos diferentes para conferir características diferentes. Mas existem produtores que colocam uma pequena parte do lúpulo antes do processo de mostura, o que tem apresentado resultados muito interessantes. Quando é aplicada esta técnica, o amargor se apresenta mais macio e presente, o que tem agradado muita gente.

Pra encerrar, lembremos que são poucas as regiões produtoras de lúpulo, nenhuma delas no Brasil. Isso não nos impede de termos ótimas IPA’s, mas encarece a produção. E, pra ajudar, a safra este ano não parece ser suficiente!